domingo, 5 de março de 2017

Da Gratuidade dos Ensinamentos Rosacruzes, da Coreografia Planetária em Taurus e do Auxílio Voluntário

por Jonas Taucci
Max Heindel sempre foi enfático; o dinheiro não obtém a espiritualidade. Todas atividades da Fraternidade Rosacruz são gratuitas. Cursos são oferecidos, palestras, acesso a Rituais, etc.

O desenvolvimento espiritual do aspirante advém de seus esforços e consequentes méritos, jamais isso pode ser conseguido através do dinheiro.

Os livros são vendidos a preços acessíveis; muitos estão disponíveis online, informativos da mesma forma, e há nossa Sede Mundial, Oceanside, que envia mensalmente uma quantidade enorme de cartas, arcando completamente com os custos.

Existe ainda uma particularidade: Para o Curso Preliminar de Filosofia Rosacruz, há que se consultar o livro Conceito Rosacruz do Cosmos.

A história da Fraternidade, ao longo de décadas, registra que em vários casos este livro foi – graciosamente – ofertado para pessoas que não possuíam recursos financeiros para comprá-lo, e interessaram-se por iniciar o referido Curso.

Hoje, está – evidentemente também de forma gratuita -  disponível online. Isto em uníssono com o princípio de que o dinheiro não compra a espiritualidade.

Seria concebível imaginar as situações abaixo com Cristo, o maior iniciado do Período Solar?

*** Cobrar 5 shekels para ouvir o Sermão da Montanha.
*** Após a multiplicação, exigir 4 asses por um pão e 2 sestércios por um peixe.
*** Ressuscitar? Mais caro! A família de Lázaro teria de desembolsar 5.000 denários de prata. Parcela-se.
*** Exigir de seus discípulos, 2 sestércios para participarem da Santa Ceia.

No livro Atos dos apóstolos, Simão oferece dinheiro a Pedro, com o objetivo de obter poder espiritual, o que é prontamente recusado (capítulo 8, vale a pena ler em sua totalidade).

Mas, como então sobrevive a Fraternidade Rosacruz?

Através de doações voluntárias, seguindo os ditames do coração de cada um, e também de um trabalho voluntário.

A messe é grande, os trabalhadores são poucos. ” (Mateus 09:37)

Lembro que muito se falou - perto de 03 de maio do ano 2.000, de uma aglomeração de seis planetas (Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Júpiter, Saturno, e dependendo do horário desta data, um sétimo planeta: Marte), no mesmo signo zodiacal: Taurus.

Não nos esquecendo que Vênus em Taurus, está em seu próprio signo, por isso potencializado, além de reger a 2ª Casa zodiacal, por natureza!

Sem dúvidas, esta coreografia astrológica tratava-se de uma bela lição enviada pela Divina Hierarquia Zodiacal de Taurus, com o auxílio das referidas Hierarquias Planetárias adjuntas, para toda humanidade, e não apenas às pessoas que nasceram sob sua influência.

Pois - digno de nota –  estes planetas estarem neste signo; fixo, elemento terra, relacionado, e muito - à 2ª Casa Zodiacal, estando esta associada com posses, bens materiais, dinheiro, lucro e tudo aquilo que nos fala sobre o possuirmos materialmente.

Assimilaremos estas lições da Divina Hierarquia de Taurus, ainda que já tenha passado, nos respondendo, internamente:

De que forma compartilho – efetivamente - com meus semelhantes o que possuo materialmente?

Os preceitos da configuração astrológica do ano 2.000 envelheceram?

Relacionado:

domingo, 15 de janeiro de 2017

A Lua Nova, o Ano de 2017 e Os Desassistidos

por Jonas Taucci
Relógio de sol (século XVII) apoiado em um anjo (século XII) na Catedral de Chartres - França.
Manly P. Hall, prefaciando o livro de Augusta Foss Heindel (A Astrologia e as Glândulas Endócrinas) diz que a astrologia era uma das sete ciências sagradas – estudadas e praticadas – a milênios.

Dentro dos Ensinamentos da Sabedoria Ocidental, a astrologia ocupa um lugar importante, além de determinar o dia de  oficiamento dos seguintes Rituais:

Rituais de Lua Nova (conjunção Sol e Lua) e Cheia (Oposição Sol e Lua) – restrito a probacionistas ativos da Fraternidade Rosacruz.
Rituais de Cura - onde a Lua transita por um dos quatro signos Cardinais; Áries, Câncer, Libra e Capricórnio.
Rituais de Equinócios e Solstícios - Sol ingressando nos signos Cardinais; Áries, Câncer, Libra e Capricórnio.

Merece uma reflexão, neste início de ano, a todos nós que estudamos astrologia;

***O que estou fazendo com este cabedal de conhecimento; onde e para quem – efetivamente - o estou canalizando.

***Como isto me auxilia a tornar-me  uma pessoa melhor em meu círculo de relacionamentos.

***Na eventualidade de uma pessoa passar por necessidades (fome, falta de agasalho e medicamentos, e mesmo uma visita) qual a minha postura em relação a estas situações e o que já aprendi com a astrologia.

***Após anos de estudos astrológicos – fazendo uma auto análise interna e confidencial – o que e em que, a astrologia acrescentou algo em mim.

***Como conciliar signos, planetas, casas, aspectos etc. com o preceito de Cristo: Amai-vos uns aos outros como eu vos amei.

Vale o exemplo de dedicados irmãos que num sábado, 22 de dezembro de 1.962, às 20h00m, reuniram-se no (então existente) Grupo Rosacruz da Lapa (bairro da cidade de São Paulo – Brasil ), para a CONSAGRAÇÃO do SÍMBOLO ROSACRUZ, sendo executados os Hinos de Abertura, Encerramento, oficiamento e meditação do Ritual de Dezembro e  números musicais (coro e solos).

Esta reunião esteve sob os auspícios de um trígono do Sol (Vida) com Urano (Éter Crístico), e o ascendente apontando para o signo zodiacal cardinal (Cura) de Câncer.

O SÍMBOLO ROSACRUZ, foi utilizado - por décadas - para o oficiamento do Ritual Rosacruz de Cura, dentre outros.
Abaixo, as Lunações (dia, mês, hora, minuto, grau e signo) referentes à Lua Nova do ano de 2.017.

DIA/MÊS
HORA/MINUTO
GRAU/SIGNO
27/01
21h 09m
   08:14 Aquário
26/02
11h 58m
   08:11 Peixes
27/03
23h 59m
   07:36 Áries
26/04
09h 18m
   06:26 Touro
25/05
16h 46m
   04:47 Gêmeos
23/06
23h 32m
   02:47 Câncer
23/07
06h 47m
   00:43 Leão
21/08
15h 31m
   28:53 Leão
20/09
02h 31m
   27:28 Virgem
19/10
16h 13m
   26:34 Libra
18/11
08h 42m
   26:18 Escorpião
18/12
03h 32m
   26:31 Sagitário

Consulte seu Tema Natal (horóscopo); veja em que Casa ocorrem estas Lunações -  há uma tendência desta Casa Zodiacal ser ativada.

Veja também se esta Lunação faz aspectos (conjunções, sêxtis, quadraturas, trígonos ou oposições) com algum planeta radical, Meio Céu, Cabeça / Cauda do Dragão, Roda da Fortuna ou Ascendente.


INFORMAÇÕES IMPORTANTES:

    1. Considerou-se o Horário de Brasília e desconsiderou-se o Horário Brasileiro de Verão.

      2.  As datas acima não estão relacionadas com as fornecidas anualmente pela nossa Sede Mundial (Oceanside), para o oficiamento do Ritual Rosacruz de Lua Nova para probacionistas ativos, devido aos diversos fusos horários existentes no mundo.

      3. Em 2.017 teremos duas Lunações (Lua Nova) no signo astrológico de Léo (julho e agosto), e nenhuma no signo de Capricórnio.

   4.Não nos esqueçamos - nunca - dos desassistidos. Tudo o mais é secundário...

Então o profeta Isaías clamou ao Senhor; e fez voltar a sombra dez graus atrás, pelos graus que já tinha declinado no relógio de sol de Acaz. (II Reis 20:11).




quarta-feira, 9 de novembro de 2016

O Reino Vegetal é Influenciado pelos Planetas e Signos

                                                                                                                                    por Max Heindel
Os vegetais estão sob o domínio dos planetas e dos signos? Se estiverem, gostaria de saber como e porquê?.

Resposta: Há, como sabemos, quatro reinos diferen­tes atualmente sobre a Terra: o mineral, o vegetal ou as plantas, o animal e o humano. Os Espíritos dessas quatro ondas de vida estão evoluindo sob a orientação e com o auxílio de outras hierarquias invisíveis.

Os Senhores da Mente formam o seu corpo mais denso com a matéria mental da Região do Pensamento Concreto. Eles são peritos no trabalho com esse material, portanto, influenciam a humanidade, que possui uma mente.

Os Arcanjos formam o seu corpo mais denso com a matéria de desejos. Eles são peritos na manipulação desta substância, portanto, eles estão especialmente aptos a ajudar seres menos evoluídos que possuam veículos feitos desse material. Por essa razão, eles trabalham com o animal e o homem, os quais possuem corpos de desejos.

Os Anjos formam o seu corpo mais denso com o éter, portanto, eles são peritos no manejo deste tipo de substância, e estão notavelmente capacitados a ajudar aqueles que não sejam tão aptos. Por essa razão, eles exercem grande influência sobre os vegetais, animais e homens, os quais possuem corpos vitais feitos de éter.

Os seres humanos criam o seu corpo mais denso dos elementos químicos e minerais da terra, e as eras de experiência acumulada tornaram-nos aptos, até certo ponto, a trabalhar com seres que possuem corpos mi­nerais, tais como os vegetais, animais e seres humanos.

Todavia, deveríamos recordar que nossa evolução na Terra está apenas a meio caminho, e ainda não atingimos os cinquenta por cento de eficiência em relação ao trabalho que devemos realizar, potencial este que teremos plenamente desenvolvido quando esta fase da nossa evolução estiver concluída. Num passado bem remoto, antes dos nossos olhos se abrirem, tínhamos a visão inte­rior, sendo a energia criadora voltada para dentro para a formação dos órgãos, da mesma forma que o nosso talento, agora, é usado externamente para a construção de aeronaves, pontes, casas, barcos, etc.

Usamos os cor­pos mineirais dos animais mortos na produção de sapa­tos de couro, bolas de bilhar, alimentos e vestimentas, mas como só podemos trabalhar com estes elementos aparentemente mortos, nossa manipulação envolve um processo de destruição. Destruímos a integridade do mi­neral para extrair o ouro, a prata, o cobre ou qualquer outra parte que nos pareça muito valiosa. Destruímos as árvores na floresta para construir portas, casas, etc. Matamos os animais para transformá-los em alimentos, roupas, brinquedos e diversos adornos.

O mesmo não acontece com os Anjos e outras Hie­rarquias Criadoras. Eles lidam com a vida de uma ma­neira construtiva.

Os Arcanjos habitam o Sol, e os Anjos localizam-se nas luas do sistema solar. Todos sabem que as plantas amam o Sol, pois estão no segundo período de sua evo­lução, o Período Solar. Devido à sua constituição atual, elas não suportam as intensas vibrações dos Arcanjos, que são áridas e abrasadoras, semelhantes aos corpos de desejos nos quais vivem. As plantas necessitam, em adi­ção à luz do Sol, da água regida pela Lua, e são os raios brandos dessa orbe que proporcionam o agente fertili­zante, fazendo crescer tudo que vive. Por conseguinte, as sementes plantadas no período da Lua Nova à Lua Cheia, isto é, quando a Lua está aumentando sua lumi­nosidade, desenvolvem-se mais altas do que as sementes plantadas quando a Lua está escura ou diminuindo a luminosidade, isto é, da Lua Cheia à Lua Nova. Ao con­trário, as sementes plantadas no período em que o brilho da Lua vai diminuindo, crescerão mais debaixo da terra do que na superfície.

Há também certos signos que são mais favoráveis que outros no desenvolvimento das plantas devido a te­rem certas afinidades com as vibrações lunares. Os signos aquáticos, Escorpião e Peixes, são frutíferos por es­sa razão, e as sementes plantadas enquanto a Lua, a rainha da água, passa por um desses signos, produzirão melhores resultados do que quando a Lua estiver pas­sando por um dos signos ígneos, Àries, Leão e Sagittario.

Estes são signos solares e podem consumir a centelha vital existente na semente. Muito mais poderia ser dito sobre este assunto, mas o que foi exposto, provavelmente respondeu às informações requeridas.

do livro: Filosofia Rosacruz em Perguntas e Respostas, Vol.2, perg.108

sábado, 18 de junho de 2016

A Importância da Lua no Trabalho Esotérico

Da revista Rays from the Rose Cross (*)

"Muitas pessoas nos perguntam porque a Fraternidade Rosacruz atribui tanta importância aos aspectos da Lua no seu trabalho esotérico. Como exemplo questionam  porque durante a Lua Nova torna-se mais fácil despertar os Auxiliares Invisíveis e porque durante a Lua Cheia é melhor para construirmos a quintessência do serviço no Corpo-Alma. (Conforme citado por Max Heindel no livro Iniciação Antiga e Moderna - nota do tradutor).

A razão pela qual é mais fácil para os Auxiliares Invisíveis entrarem em uso consciente do seu veículo durante a Lua Nova é que as vibrações espirituais são mais intensas naquela noite, propiciando melhores condições para aquele trabalho. Tais vibrações tornam-se mais fortes devido a conjunção astrológica entre o Sol e a Lua que combinam suas forças lançando-as sobre a Terra no mesmo ângulo e direção.

A Lua Cheia por sua vez, é mais propícia à construção da essência do serviço no Corpo-Alma porque, estando em oposição, o Sol e a Lua ativam as forças de dois signos opostos, espiritualmente correlacionados, constituindo um pólo positivo e outro negativo. Nessa oportunidade uma corrente de vida ou energia espiritual flui entre os dois pólos."
(*) Traduzido da revista Rays from the Rose Cross, maio de 1941

Para saber mais veja também:

domingo, 27 de dezembro de 2015

O Relógio, a Lua Nova e o Ano de 2016

por Jonas Taucci

Acima, (detalhe) o famoso relógio localizado na Praça Loggia, cidade de Brescia, Itália, construído por volta de 1545. Situa-se no alto de uma torre, onde pode ser visto por multidões, já que sua localização está numa praça. Seu mecanismo interno é deveras muitíssimo complexo. Veja seus inúmeros círculos.

Nele observam-se as fases na Lua, as estações do ano e o trânsito do Sol pelos signos do zodíaco. Facilmente vemos o Sol em Aquário. 

Interessante também, quatro anjos nos ângulos deste múltiplo relógio, “soprando bons ventos pelos quatro cantos do mundo”, segundo a tradição. Porque quatro anjos e sua função é um bom tema de meditação para o aspirante rosacruz.


Os Ensinamentos Rosacruzes, nos informam que toda Lua Nova (conjunção Sol / Lua) marca o tempo de aprendizado na escola da vida. Novas lições.

Dando um salto no tempo de aproximadamente cinco séculos após a construção do insigne relógio, abaixo temos as datas em que ocorrem a Lua Nova durante o ano de 2016.

Consulte seu Tema Natal (horóscopo); veja em que Casa ocorrem estas Lunações -  há uma tendência desta Casa Zodiacal ser ativada.

Veja também se esta Lunação faz aspectos (conjunções, sextis, quadraturas, trígonos ou oposições) com algum planeta radical, Meio Céu, Cabeça/Cauda do Dragão, Roda da Fortuna ou Ascendente.

Estude, medite, intua estes aspectos.

No informativo ECOS de Oceanside (novembro/dezembro de 2003), a Secretária Esotérica nos fala a importância de estudarmos – e aplicarmos/assimilarmos – estas Lunações.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS IMPORTANTES:
  • Considerou-se o Horário de Brasília e desconsiderou-se o Horário Brasileiro de Verão.
  • As datas abaixo não estão relacionadas com as fornecidas anualmente pela nossa Sede Mundial (Oceanside), para o oficiamento do Ritual Rosacruz de Lua Nova para probacionistas ativos, devido aos diversos fusos horários existentes no mundo.
  • Em 2016 teremos duas Lunações (Lua Nova) no signo astrológico de Capricórnio (janeiro e dezembro), e também duas no mês de setembro, ainda que em signos distintos (Virgem e Libra respectivamente).

Sugerimos consultar as obras:
  • A Mensagem das Estrelas
  • Astrodiagnose: Um Guia de Cura
  • Astrologia Científica e Simplificada

E principalmente, praticarmos atos de bondade, servindo amorosa e desinteressadamente nosso semelhante como nos indicou Cristo, sendo esta a única forma de alavancar nosso amadurecimento espiritual, e sublimarmos nossas Doze Casas Zodiacais num trabalho de alquimia interna.

Louvai-O, sol e lua; louvai-O, todas as estrelas luzentes”. Salmos 148:03

DIA MÊS-HORA/MINUTO
GRAU/MINUTO/ SIGNO
  09/01         22h 33m
  19º14’     Capricórnio
  08/02         11h 41m
  19º15’      Aquário
  08/03         22h 57m
  18º57’      Peixes
  07/04         08h 26m
  18º05’      Áries
  06/05         16h 32m
  16º42’      Touro
  05/06         00h 02m
  14º54’      Gêmeos
  04/07         08h 03m
  12º55’      Câncer
  02/08         17h 47m
  10º59’      Leão
  01/09         06h 05m
  09º22’      Virgem
  30/09         21h 14m
  08º17’      Libra
  30/10         14h 40m
  07º45’      Escorpião 
  29/11         09h 20m
  07º44’      Sagitário
  29/12         03h 55m
  07º58’      Capricórnio

Doroteu de Gaza, foi um monge e abade cristão, viveu aproximadamente entre os anos 505/565 D.C. tendo fundado um mosteiro. Sua imagem, abaixo – detalhe - encontra-se em Monte Atos na Grécia.

Seus escritos – Instruções - sobre o treinamento espiritual, chegaram até nós, onde vemos a sua luminosidade:

"Imaginai que o mundo é um círculo, que o centro é Deus, e que os raios são as diferentes maneiras de viver dos homens. Quando estes, desejando aproximar-se de Deus, caminham para o interior do círculo, aproximam-se uns dos outros ao mesmo tempo que se aproximam de Deus. Quanto mais se aproximam de Deus, mais se aproximam uns dos outros. E quanto mais se aproximam uns dos outros, mais se aproximam de Deus. (Instruções VI)"

Oportuna uma analogia e meditação para o aspirante rosacruz deste texto, com o de Max Heindel, escrito quase dois milênios depois, em Iniciação Antiga e Moderna, capitulo III – Sala Leste do Templo:

"Os grãos de trigo ofertados por Deus e contido nos doze pães representam as oportunidades para o crescimento da alma, através dos doze departamentos da vida, representados pelas doze casas do horóscopo, sob o domínio das doze Hierarquias Divinas, conhecidas como os Signos do Zodíaco." 


 Mensalmente, monte seu Tema Natal. Veja onde se localiza a então Lua Nova (casa, signo e aspectos); o conhecimento da astrologia sem a sua (edificante) praticidade constitui-se numa enorme perda de tempo.

“Quem tiver duas túnicas, dê uma a quem não tem; e quem tiver comida, faça o mesmo” (Lucas 03:11).

Livros sugeridos - clique aqui